Transição de carreira!

Por Mariana Brandão**

Acredito que algum tempo atrás o conceito de transição de carreira sequer existia. Nossos pais e avós estudavam, se formavam em determinada profissão e nela permaneciam até se aposentarem.

Hoje as coisas estão muito mais dinâmicas. A gente estuda uma coisa que escolhemos muito jovens, quando não tínhamos quase nenhuma vivência de mundo e o nosso processo de autoconhecimento está em formação. E não necessariamente aquela escolha do passado reflete o adulto que nos tornamos. Somado a esse fato, o mercado de trabalho é muito mais amplo. Se antes existiam apenas médicos, engenheiros, advogados e algumas poucas variações, hoje temos desenvolvedores de jogos para games, geneticistas, analistas de mídias sociais e uma gama enorme de possibilidades.

Então, a mudança de carreira passou a ser vista cada vez mais por aí. Alguns estudos apontam que com o aumento da longevidade, ficará cada dia mais comum essa transição, pois as pessoas vão querer viver novas experiências profissionais ao longo de suas vidas.

Mas como encarar essa transição de carreira? É necessário planejamento para que as chances de sucesso dos novas planos aumentem e os riscos sejam atenuados. A coach de carreira Nathália Parreiras deu algumas dicas no canal do YouTube dela (que aliás é super legal para várias questões profissionais). Vamos a alguma delas:

  • Continue empregado! Nada de chutar o balde da antiga carreira sem ter nada em vista. Se manter ativo e com renda te dará muito mais tranquilidade para construir sua nova profissão. Além disso, o que você ganha com o emprego atual pode servir para financiar seus novos planos. Afinal, uma nova carreira não nasce do dia para a noite. Serão necessários vários investimentos até que você esteja preparado.
  • Trace objetivos com o que você quer com a mudança: quer ganhar mais? Mudar completamente de área? Empreender? Ter horários flexíveis? Ter seus objetivos bem traçados fará com que você tome as providências certeiras e evite de gastar tempo, energia e dinheiro com o que não estiver alinhado com seu plano.
  • Estude o mercado. Seu objetivo traçado é viável? Tem demanda de mercado? Fazer uma análise sincera sobre esse fato é fundamental. Converse com pessoas que já vivenciem a nova realidade que você pretende viver. Quanto mais informação e preparo, melhor.

E pra fechar, a minha dica é: TENHA CORAGEM! Mudar nunca é fácil, ficar na nossa zona de conforto é sempre mais cômodo. Muitos te criticarão. Mas se você realmente quer topar esse desafio, tenha esses fatos em mente, para se manter forte e paciente, mesmo nos momentos em que bater o desânimo e que as coisas não saírem da forma em que planejamos.

O livro “Como encontrar o trabalho de sua vida”, do autor Roman Krznaric (outra ótima dica para quem está pensando na transição de carreira), traz uma frase que me marcou muito: “A maioria de nós vive presa aos nossos temores e inibições. Mas se quisermos ir além, cortar a corda e ser livres, precisamos tratar a vida como um experimento e descobrir a parcela de loucura que todos guardamos dentro de nós.”

**Meu nome é Mariana Brandão, sou mineira e tenho 31 anos. Advogada por formação, resolvi seguir uma outra paixão desde criança: a moda. Consultora de imagem e estilo, acredito no poder da imagem, que vai muito além das escolha de roupas. É a forma que você se comunica com o mundo! Sou fascinada por pessoas e suas histórias. Amo viajar, comer bem e descobrir novidades desse mundão afora.”

Sem Respostas sobre “Transição de carreira!”

Você precisa estar Logado para postar uma opinião.