O que você guarda?!

Por Fávia Costa**

 

O que você tem o costume de guardar nas suas gavetas? Você guarda coisas estragadas? Deterioradas? Que não te servem mais? Aposto que não!

A não ser que você sofra de alguma patologia e não a trate, a tendência é guardar conosco coisas que ainda têm alguma serventia, doá-las para quem precisa e descartar aquelas que não nos servem.

Aprenda a fazer isso não só com as “coisas”. Faça uma faxina nos seus sentimentos. Não guarde rancor, sofrimento, não junte aquilo que só faz mal a você. Aprenda a dizer não quando necessário. Sem culpa nem sofrimento.

Sentimentos não resolvidos e guardados no fundo da alma corroem você por dentro e te deixam pesado, triste, negativo.

Tem gente que cultiva problemas como se fossem orquídeas. Não seja assim!

Seja querido, espalhe gentilezas, se a pessoa não as merece isso não é problema seu. Afaste-se e siga em frente. Alimente o amor, a amizade, a gratidão, os relacionamentos… Estes sim são orquídeas raras e precisam de cuidado e atenção.

E aí, o que você costuma guardar?

**Flávia Costa: É graduada em Gestão de Recursos Humanos com especialização em Captação e Fidelização de Clientes. Mãe, canceriana, sonhadora, amiga leal e metida à escritora e que acredita que felicidade é verbo que deve ser sempre conjugado no presente!

Sem Respostas sobre “O que você guarda?!”

Você precisa estar Logado para postar uma opinião.